Aviso aos adultos: As crianças percebem tudo

Atenção de adulto e atenção de criança

Os adultos são realmente bons em prestar atenção apenas ao que você diz a eles – mas as crianças não ignoram nada.

Essa diferença pode realmente ajudar as crianças a se saírem melhor do que os adultos em situações de aprendizagem, o que é importante porque as crianças estão se esforçando para aprender tudo.

Para chegar a essas conclusões, os pesquisadores surpreenderam adultos e crianças de 4 a 5 anos que participavam do estudo, tornando a informação irrelevante no início do experimento subitamente importante para uma tarefa que eles tinham que completar.

“Os adultos tiveram dificuldade em se reajustar porque não aprenderam as informações que achavam que não seriam importantes,” conta o professor Vladimir Sloutsky, da Universidade do Estado de Ohio (EUA). “As crianças, por outro lado, se recuperaram rapidamente para as novas circunstâncias porque não estavam ignorando nada. Tenho certeza de que muitos pais reconhecerão a tendência das crianças de perceber tudo, mesmo quando você gostaria que elas não fizessem isso.”

Atenção seletiva e atenção distribuída

Os resultados mostram que as crianças tendem a distribuir sua atenção amplamente, enquanto os adultos usam atenção seletiva para se concentrar em informações que acreditam ser mais importantes.

“Distribuir a atenção pode ser adaptativo para as crianças pequenas. Ao estar atento a tudo, elas coletam mais informações que as ajudam a aprender mais,” disse o pesquisador Nathaniel Blanco.

O professor Sloutsky enfatiza que os adultos não têm problema em distribuir atenção de maneira ampla, se necessário. Mas, em muitas tarefas que os adultos fazem todos os dias, a atenção seletiva é útil.

“Está claro que, para um ótimo desempenho na maioria dos trabalhos, a atenção seletiva é necessária. Mas a atenção distribuída pode ser útil quando você está aprendendo algo novo e precisa ver tudo o que está acontecendo,” destacou ele.

 

Aviso aos adultos: As crianças percebem tudo

undefined