Consumidores continuam mantendo carne bovina em seus pratos: EUA BeefPoint

Por Nevil Speer, de Bowling Green, Kentucky, vice-presidente de operações nos Estados Unidos para a AgriClear, Inc. – subsidiária do TMX Group Limited.

Enquanto falava em uma recente reunião com pecuaristas, surgiram várias questões sobre a relação do poder de preços no varejo, da queda do mercado em 2015 e da demanda por carne bovina. As questões focaram principalmente em se a demanda por carne bovina nos Estados Unidos continua sólida ou não. Claramente, essa é uma preocupação importante, considerando a fraca ação de mercado durante a segunda metade de 2015.

A demanda agregada é uma função da quantidade e do preço. Para qualquer produto, a demanda deriva de cinco fatores principais: população, renda, gostos/preferências, expectativas e preço de outros bens. Para a carne bovina, o último item, preço de outros bens, refere-se à potencial substituição por preço ons os consumidores trocam o produto por carne suína ou de frango.

Especificamente com relação a isso, o gráfico abaixo destaca a demanda trimestral por carne bovina desde 1990. A carne bovina tem tido um sólido caminho de melhora na demanda desde que alcançou seu menor valor durante o terceiro trimestre de 2009. De fato, dezembro de 2009 foi a última vez que comercializamos boi gordo a menos de US$ 80 e marca o ciclo de baixa/recuperação para o aumento que levou aos picos estabelecidos em 2014 e começo de 2015. Desde essa época, a demanda por carne bovina melhorou em quase 25%. Mais importante ainda, a média dos 12 meses para 2015 agora está em quase 93 – a melhor marca desde 1992.

gráico demanda

Isso é algo contra-intuitivo considerando as recentes dinâmicas de mercado. Entretanto, a ação de mercado de 2015 destaca o quão importante o lado da oferta tem sido no forte declínio. Dito isso, isso também destaca o quão críticos os esforços de manutenção e crescimento da demanda por carne bovina são para a prosperidade geral.

Por Nevil Speer, de Bowling Green, Kentucky, vice-presidente de operações nos Estados Unidos para a AgriClear, Inc. – subsidiária do TMX Group Limited.

Fonte: BEEF Magazine, traduzida pela Equipe BeefPoint.

Fonte: Consumidores continuam mantendo carne bovina em seus pratos: EUA BeefPoint

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s