Saiba como combater o desperdício de alimentos – Desafios ambientais – Saúde – Bonde. O seu portal

Com a chegada das festas de fim de ano, consumimos mais alimentos, produtos e serviços do que o usual, o que faz crescer também a quantidade de comida desperdiçada. Porém com pequenas atitudes é possível ajudar a solucionar os grandes desafios ambientais e, ainda por cima, economizar dinheiro.

A campanha Pensar.Comer.Conservar, promovida pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) alerta que um terço de toda a produção anual de alimentos – cerca de 1,3 bilhão de toneladas – é jogada fora todos os anos.

Além disso, cerca de 300 milhões de toneladas de comida são descartadas por produtores, revendedores e consumidores. Em outras palavras, esta quantidade seria mais que suficiente para alimentar cerca de 900 milhões de pessoas que passam fome em todo o mundo.

Junto ao alto custo com o desperdício de alimentos, o processo de produção destes produtos envolve o uso intenso de energia, água, fertilizantes e terra, o que acaba gerando grandes impactos ambientais.

E apesar de os problemas serem difíceis de resolver, ainda é possível aproveitar as festas de fim de ano e ao mesmo tempo contribuir para a sustentabilidade com ações simples e fáceis.

Por exemplo, planejar as refeições, evitar comprar por impulso, não deixar de comprar verduras, legumes e frutas que não têm aparência perfeita e reaproveitar os restos das ceias na preparação de outros pratos.

Com isso, poderemos celebrar as grandes festividades e ainda sim fazer a escolha pela opção mais sustentável. Leia abaixo algumas dicas!

Desperdício de alimentos

Compras inteligentes: Planeje as refeições, faça listas de compras, evite compras por impulso e não se engane pelos truques de marketing que levam você a comprar mais alimentos do que o necessário.

Seguir essas estratégias pode significar que você não compre um peru gigante e, assim, evite o horror de comer desesperadamente sanduíches de peru durante toda a semana para tentar não jogar fora os restos.

Comprando frutas e legumes pela aparência: Muitas frutas e legumes são jogados fora por causa de seu tamanho, forma ou cor, que não são considerados “perfeitos”. No entanto, muitos desses alimentos aparentemente ruins são perfeitos para consumo. Evite o desperdício pelas aparências.

Entenda as datas de validade: Ao contrário das datas de validade, alguns produtos usam classificações como “Melhor consumir antes de” — geralmente estas são sugestões do fabricante para a “qualidade máxima”. A maioria dos alimentos pode ser consumida com segurança bem depois destas datas, portanto alguns dos produtos em sua geladeira podem muito bem ser bons para além do Natal.

Informe-se! Há diversas páginas na Internet e em outros meios que podem ajudar os consumidores a fazer receitas criativas e saborosas com as sobras de Natal. Informe-se e veja também as dicas do Instituto Akatu, por exemplo, clicando aqui.

Outras ações incluem: o congelamento de alimentos; a solicitação de porções menores em restaurantes, comendo sobras (se caseiras) ou levando para casa; reutilização de alimentos na agricultura; a doação de alimentos de reserva para os bancos locais de alimentos, abrigos e outros locais de recebimento.

Vídeo mostra, um prato com tamanho 20% menor do que um prato normal, mesma porcentagem de comida desperdiçada diariamente no Brasil.

Saiba como combater o desperdício de alimentos – Desafios ambientais – Saúde – Bonde. O seu portal.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s