McDonald’s terá batata menos cancerígena nos Estados Unidos | EXAME.com

Fast food: batata-frita do McDonald's

São Paulo – Principal fornecedora de batatas do McDonald’s nos Estados Unidos, a empresa J.R. Simplot obteve autorização para cultivar uma variedade geneticamente modificada do produto. A permissão foi dada pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos na última semana.

Entre outras propriedades, essa batata transgênica apresenta, quando frita, menos agentes suspeitos de serem cancerígenos do que a batata convencional. Entre 2009 e 2011, ela foi testada em oito estados americanos — segundo dados fornecidos pela Reuters.

Nos Estados Unidos, a produção de plantas com genes alterados já é comum em algumas áreas. Em casos como a soja e o milho, as variedades geneticamente modificadas já respondem por 90% e 89% da produção, respectivamente.

Entretanto, o governo americano é mais rigoroso em relação a trigo, frutas e outros alimentos para humanos. A batata da Simplot é a primeira variedade geneticamente modificada de batata a ter seu plantio liberado nos Estados Unidos.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, os alimentos com genes alterados disponíveis no mercado tendem a não apresentar riscos para a saúde humana.

Entretanto, a entidade admite que o tema é motivo de discussões na área de biotecnologia – em função de questões ligadas à saúde e meio ambiente.

 

McDonald’s terá batata menos cancerígena nos Estados Unidos | EXAME.com.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s