HIPERSENSIBILIDADE A EVENTOS NÃO DOLOROSOS PODE SER PARTE DE PATOLOGIA NA FIBROMIALGIA

Espaço de José Marcos- DOENÇAS REUMÁTICAS

Hipersensibilidade a eventos não-dolorosos pode ser parte de Patologia na fibromialgia

Setembro 15, 2014

Hoboken, NJ – 15 de setembro de 2014 – Uma nova pesquisa mostra que os pacientes com fibromialgia têm hipersensibilidade a eventos não-dolorosos com base em imagens dos cérebros dos pacientes, que apresentam redução de ativação em regiões sensoriais primárias e aumento da ativação em áreas de integração sensorial.

Os resultados, publicados na revista Arthritis & Rheumatology, sugerem que anormalidades cerebrais em resposta à estimulação sensorial não dolorosa pode causar o aumento do desagrado que os pacientes experimentam em resposta ao visual diária, auditivo e estimulação tátil.

Para o estudo, os pesquisadores usaram a ressonância magnética funcional (fMRI) para avaliar a resposta do cérebro à estimulação sensorial em 35 mulheres com fibromialgia e 25 controles pareados por idade saudáveis. Os doentes tinham uma duração de doença média de 7 anos, e média de idade de 47.

Ver o post original 157 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s