Estupro vira doença social com características de epidemia.

Jornal O Expresso

estupro1

Casos de estupro no Brasil (26 por cada 100 mil habitantes) ultrapassam os de homicídios (24 por 100 mil). Como recomendou o guru e líder espiritual Paulo Maluf, há muitos anos: “Estupra, mas não mata.” Grande problema são os casos não denunciados pelas vítimas, que não constam dos registros. Em sua maioria, as polícias estão despreparadas para atender as denunciantes.

De acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública – 2012, o país registrou 50.617 casos de estupro em 2012, o que equivale a 26,1 estupros por grupo de 100 mil habitantes. Um avanço de 18,17% em relação a 2011, quando a taxa foi de 22,1 por grupo de 100 mil. O número de homicídios dolosos registrados em 2012 foi de 47.136. Os estados que mais registraram casos de estupro por 100 mil habitantes em 2012 foram Roraima (52,2), Rondônia (49)  e Santa Catarina (45,8). No entanto, o Fórum ressalva que…

Ver o post original 25 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s