Slides – Dicas de Segurança em Laboratórios. | Prevenção Online

Todo e qualquer trabalho a ser desenvolvido dentro de um laboratório apresenta riscos, seja por produtos químicos, chama, eletricidade ou imprudência do próprio usuário, que pode resultar em danos materiais ou acidentes pessoais, que podem acontece quando menos se espera.

 
   Segundo a Declaração dos Direitos Humanos todo homem tem direito à vida precisamos nos preocupar em preservá-la. Uma forma de preserva-la é preocupar-se com a sua segurança no ambiente de trabalho e, se você trabalha em um laboratório, precisa conhecer os riscos a que está exposto e como melhorar suas condições de segurança.

 

 
   Prevenir acidentes é dever de cada um, portanto trabalhe com calma, cautela, dedicação e bom senso, seguindo sempre as dicas aqui descritas, desta forma prevenindo e/ou minimizando os efeitos nefastos resultantes dos possíveis acidentes.

Segue abaixo algumas dicas para prevenção de acidentes:

1. Apenas é permitida a entrada de pessoas autorizadas nos laboratórios ou salas de preparo;
2. Nunca trabalhar sozinho no laboratório;
3. Usar o jaleco de mangas compridas, sempre que estiver dentro de um laboratório, mesmo que não esteja trabalhando;
4. Utilizar todos os equipamentos de proteção individual;
5. Não é permitido beber, comer, fumar ou aplicar cosméticos dentro do laboratório, em decorrência do alto risco de contaminação;
6. Utilizar roupas e calçados adequados que proporcionem maior segurança, tais como: calças compridas e sapatos fechados;
7. Tomar os devidos cuidados com os cabelos, mantendo-os presos e/ou uso de touca;
8. Ler sempre o procedimento experimental com a certeza de ter entendido todas as instruções. Em caso de dúvidas, ou se algo anormal tiver acontecido, chame o supervisor;
9. Para utilizar-se de produtos químicos ou qualquer equipamento, é necessário que comunique alguém sobre o procedimento;
10. Manter sempre limpo o local de trabalho, evitando obstáculos que possam dificultar as análises;
11. Não trabalhar com material imperfeito, principalmente vidros que tenham arestas cortantes. Todo material quebrado deve ser desprezado;
12. Não deixar sobre a bancada, vidros quentes e frascos abertos;
13. Utilizar óculos de segurança constantemente;
14. Caso você tenha alguma ferida exposta, esta deve estar devidamente protegida;
15. Em caso de acidentes, avise imediatamente o o supervisor;
16. Cada equipe é responsável pelo seu material, portanto, ao término do turno tudo o que você usou deverá ser limpo e guardado em seus devidos lugares;
17. Quando houver quebra ou dano de materiais ou aparelhos, comunique imediatamente o supervisor;
18. Não fazer uso de materiais ou equipamentos que não fazem parte do laboratório;
19. O material disponível no laboratório é de uso exclusivo para trabalho, por isso não promova brincadeiras com ele;
20. Em caso de empréstimos de materiais, somente autorização do monitor responsável
e mediante assinatura do termo de responsabilidade;
21. Conheça o Mapa de Riscos do seu local de trabalho;
22. Não entre em locais de risco desconhecido;
23. Não permita a entrada de pessoas alheias aos trabalhos do laboratório;
24. Não fume no laboratório;
25. Não armazene substâncias incompatíveis no mesmo local;
26. Não abra qualquer recipiente antes de reconhecer seu conteúdo pelo rótulo; Informe-se sobre os símbolos que nele aparecem (ver referências);
27. Não pipete líquidos diretamente com a boca; use pipetadores adequados;
28. Não tente identificar um produto químico pelo odor nem pelo sabor;
29. Não retorne reagentes aos frascos de origem;
30. Não execute reações desconhecidas em grande escala;
31. Não adicione água aos ácidos, mas sim os ácidos à água;
32. Não dirija a abertura de frascos na sua direção ou na de outros;
33. Não abandone seu experimento, sem identificá-lo e encarregar alguém qualificado pelo seu acompanhamento;
34. Não se distraia, durante o trabalho no laboratório, com conversas, jogos ou ouvindo música alta, principalmente com fones de ouvido;
35. Aprenda a usar e use corretamente os EPI`s e EPC`s (equipamentos de proteção individual e coletiva) disponíveis no laboratório: luvas, máscaras, óculos, aventais, sapatos, capacetes, capelas, blindagens, etc;
36. Mantenha os solventes inflamáveis em recipientes adequados e longe de fontes de calor;
37. Utilize a capela sempre que efetuar uma reação ou manipular reagentes que liberem vapores;
38. Conheça o funcionamento dos equipamentos, antes de operá-los;
39. Lubrifique os tubos de vidro, termômetros, etc, antes de inseri-los em rolhas e mangueiras;
40. Conheça as propriedades tóxicas das substâncias químicas antes de empregá-las pela primeira vez no laboratório;
41. Prenda à parede ou carrinhos transportadores, com correntes ou cintas, os cilindros de gases empregados no laboratório;
42. Mantenha uma lista atualizada de telefones de emergência;
43. Informe-se sobre os tipos e usos de extintores de incêndio bem como a localização dos mesmos (corredores);
44. Acondicione em recipientes separados o lixo comum e os vidros quebrados e outros materiais perfuro- cortantes;
45. As lentes de contato sob vapores corrosivos podem causar lesões aos olhos;
46. Evite colocar na bancada de laboratório, bolsas, agasalhos ou qualquer material estranho ao trabalho;
47. Verifique, ao encerrar suas atividades, se não foram esquecidos aparelhos ligados (bombas, motores, mantas, chapas, gases, etc.) e reagentes ou resíduos em condições de risco;
48. Podem ser observada a práticas para minimizar as quebras dos vidros e alguém acidentar, tal como forrar o balcão e as pias com lâminas de borracha.

 

49. Não levar jamais as mãos à boca ou aos olhos quando estiver manuseando produtos químicos;
50. Feche todas as gavetas e portas que abrir.
 

Os acidentes que advém dessas causas geralmente são:


 Intoxicações, queimaduras térmicas,


 Químicas,

 Choques elétricos,

 Incêndios,

 Explosões, contaminações por agentes biológicos,

► Interações com radiações, 

► Cortes.


   Os equipamentos de segurança listados abaixo devem estar no alcance de todos os que trabalhem nos laboratórios e o funcionário deve certificar-se de que sabe usa-los:
 

 Extintores de incêndios;


 Chuveiro de emergência;

 Lavador de olhos;

► Aventais e luvas contra produtos corrosivos (de PVC);

► Protetores faciais e óculos de segurança;

 Máscara contra gases.

“A segurança depende de cada um”.

   É importante que o pessoal se habitue a trabalhar com segurança fazendo com que ela faça parte integrante de seu trabalho. Toda tarefa a ser executada deve ser cuidadosamente programada pois, nenhum trabalho é tão importante e urgente que não mereça ser planejado e efetuado com segurança.
 
   É responsabilidade de cada um zelar pela própria segurança e das pessoas com quem trabalha.
   Todo trabalho efetuado em laboratório oferece risco. Este risco pode ser decorrente da ação de produtos químicos, eletricidade ou chamas e agentes patogênicos, resultando em danos materiais, ferimentos, queimaduras ou graves infecções.

Slides – Dicas de Segurança em Laboratórios. | Prevenção Online.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s