Iniciativa educacional de 2010 do Projeto AGORA começa em Minas Gerais e Mato Grosso

A primeira oficina da inicitiva educacional aconteceu em Campo
Grande (MS) Foto: Gilberto Pamplona/Horizonte
omeçou em agosto uma série de oficinas de treinamento voltadas para a formação de professores que vão participar da nova iniciativa educacional do Projeto AGORA, o “Estudo Municípios Canavieiros 2010”. As primeiras oficinas foram realizadas no dia 3 em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul; nos dias 10 e 11 em Minas Gerais, nas cidades de Uberlândia e Ituiutaba; e nos dias 11 e 12 em Cuiabá, no Mato Grosso. As oficinas presenciais vão orientar os professores sobre como desenvolver uma abordagem socioambiental e interdisciplinar sobre a cadeia produtiva da cana, utilizando o material didático que foi distribuído para as 2280 escolas públicas participantes.
“O material didático elaborado para esta iniciativa faz uma ligação da indústria sucroenergética com geografia, história e ciências, abordando temas que vão da vinda da cana ao Brasil até novos usos para o etanol, como os bioplásticos,” conta a assessora de relações institucionais da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) e coordenadora do Projeto AGORA, Nayana Rizzo.
O Estudo Municípios Canavieiros 2010 vai envolver 2.280 escolas públicas de 100 municípios dos estados de Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo. A iniciativa pretende conscientizar alunos dos 7° e 8° anos do ensino fundamental sobre os impactos positivos gerados nas comunidades onde a indústria da cana-de-açúcar está presente.
Em Uberlândia, as oficinas de treinamento vão acontecer no Centro Municipal de Estudos e Projetos Educacionais Julieta Diniz (CEMEPE). Em Ituiutaba, o local é o Centro Municipal de Assistência Pedagógica e Aperfeiçoamento Permanente de Professores (CEMAP). Em Cuiabá as oficinas serão realizadas no Centro Amazônico de Ensino, Pesquisa e Extensão (CAEPE).

Processo de formação

Cada escola participante recebeu dois kits de material pedagógico, produzido especialmente para o Projeto AGORA pela Editora Horizonte, que publica a revista Horizonte Geográfico. O material contém o Caderno do Professor, com 52 páginas, um conjunto de oito posters e um DVD multimídia com fotos e vídeos.
 

55 professores foram treinados nos dois dias de oficina em Campo Grande (Foto: Gilberto Pamplona/Horizonte)
 
Ao longo da iniciativa, os professores receberão orientações presenciais e à distância, incluindo dicas para trabalhos de campo com os alunos. Aqueles que não participarem das oficinas de formação podem acompanhar o processo e esclarecer dúvidas pelo site de apoio (www.municipios-canavieiros.com.br), onde poderão baixar todos os materiais pedagógicos, inclusive os vídeos interativos.
Segundo Rizzo, ao final da iniciativa, a expectativa é que professores e alunos ampliem seus conhecimentos sobre a cadeia produtiva da cana, em especial quanto às relações entre a agroindústria canavieira e os municípios onde ela está presente. “O programa inclui sugestões de saídas a campo para um posto de combustíveis ou uma padaria, permitindo que o professor associe o trabalho desenvolvido em sala de aula à realidade da comunidade, fazendo posteriormente a devolutiva na oficina de encerramento para dar uma dimensão do aproveitamento.”
Todas as escolas onde os professores apresentarem trabalhos finais realizados com os alunos, tanto por meio da oficina de encerramento quanto através do site, receberão um jogo educativo criado especialmente para a iniciativa, o “Quem é Quem no Mundo da Cana-de-Açúcar.” O objetivo do jogo é consolidar o conteúdo abordado em sala de aula de forma lúdica.

Projeto AGORA
O Projeto AGORA, uma das maiores iniciativas de marketing e comunicação já realizadas no agronegócio brasileiro, tem o apoio das empresas Itaú, Monsanto, Amyris, Basf, BP, Dedini, FMC e SEW Eurodrive, além das entidades ALCOPAR (Associação dos Produtores de Bioenergia no Estado do Paraná); BIOSUL (Associação dos Produtores de Bioenergia do Mato Grosso do Sul); SIAMIG (Sindicato da Indústria de Fabricação do Etanol no Estado de Minas Gerais); SIFAEG (Sindicato da Indústria dos Fabricantes de Etanol do Estado de Goiás); SINDALCOOL/MT (Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras de Mato Grosso); SINDALCOOL/PB (Sindicato da Industria de Fabricação de Álcool do Estado da Paraíba); SINDAÇÚCAR (Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool no Estado de Pernambuco); ORPLANA (Organização dos Plantadores de Cana da Região Centro-Sul); CEISE BR (Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroalcooleiro), além da UNICA.
http://www.unica.com.br/default.asp

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s