Arroz para aves


Um omelete branco tem feito bastante sucesso no Japão. O segredo? Os ovos utilizados foram postos por galinhas alimentadas com ração feita a base de arroz. A gema de um ovo posto por uma galinha alimentada principalmente com arroz é mais “pálida” do que a gema de um ovo posto por uma ave que foi alimentada principalmente com milho.
A novidade tem atraído a culinária japonesa e agrada os avicultores do país oriental, uma vez que o uso do arroz na ração pode ajudar o Japão a ser autossuficiente da produção de alimentos destinados às aves. A maioria dos frangos japoneses são alimentados com milho importado.
Um produtor japonês relatou que, há dois anos, quando os preços do milho importado subiram, ele começou a usar o arroz na ração das aves. Segundo ele, o volume da produção de ovos em sua granja não mudou, e os consumidores elogiaram o sabor delicioso dos ovos.
Mais caro- Especialistas explicam que, por enquanto, o ovo produzido desta maneira peculiar é mais caro que o ovo tradicional. Porém, se mais avicultores aderirem ao uso do arroz, o produto deverá ficar mais em conta.
Atualmente o Japão consome 96% dos ovos que produz, entretanto, 90% da ração deve ser importado. “A tarefa mais importante da indústria japonesa é eliminar sua dependência de alimentos importados”, disse Seiji Nobuoka, um professor adjunto da Universidade Agrícola de Tóquio. “Eu quero que os consumidores entendam o significado da introdução de arroz na alimentação das aves”. As informações são do site internacional World Poultry.
Redação Avicultura Industrial

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s